Do you speak English? | Parlais vous Français?

Candida Albicans

O que é?

 "A candidíase também conhecida por monolíase, candidas, sapinhos ou outros nomes, é uma infecção fúngica causada pelo fungo Cândida Albicans que vive naturalmente no organismo humano, sem causar danos. A cÂndida Albicans desempenha uma importante função digestiva no organismo, ajudando a eliminar restos de comida."

Porque se desenvolve cândida Albicans? 

O aparecimento de Candidíase na boca, vagina ou outra zona do corpo é já a consequência do desequilíbrio da flora intestinal que foi agredida de alguma forma mas tendemos tratar a Candidíase como se fosse um problema vaginal ou bucal sem sequer mencionar os intestinos e flora intestinal nos tratamentos a que recorremos.

 Factores que propiciam o desenvolvimento da cândida albicans?

1. Destruição da boa flora intestinal através de medicamentos como antibióticos, esteróides  hormonas, cortisona, analgésicos, pílula anticocepcional,corticóides; 

2. Dieta com açúcar branco, cereais refinados, alimentos processados. Dieta acidificante. 

3. Pré-existente supressão do sistema imunológico causada pelo abuso de álcool e drogas;

4. Transfusões de sangue;

5. Doenças debilitantes, transplantes de órgãos ou quimioterapia;

6. Desejos de comer doces que podem ser já sinais de que a cândida está a proliferar de forma anómala, no intestino.


7. Alteração do PH do sangue. Corpo demasiado ácido. 8.    Estar grávida também predispõe muitas mulheres a esta condição já que altera o delicado equilíbrio do P.H. e no nível hormonal, tem que ter em conta que a levedura cândida frutifica no meio alcalino.
9. Amálgamas dentárias com mercúrio, ingestão de peixe e marisco contaminado com mercúrio, vacinas com mercúrio;

10. Ingestão de água com cloro;
11. Excesso de fluor;

12. Intoxicação alimentar;


13. Intoxicação emocional - libertação de adrenalina e cortisol - tristeza, angustia, medo, pânico, desespero, stress, entre outros estados emocionais alterados. 

14. Baixa acides do estômago 


15. Infrequente movimento do intestino, que leva à retenção, por um período demasiado longo, das substâncias de evacuação dentro do intestino; 



Sintomas de um desiquilibrio de cândida albicans?
- aftas;
- Sinusite pode ser Candidíase, i.e., filtração de leveduras nas fossas nasais.
-  Infecções (de leveduras) vaginais e orais;
- fadiga crónica, especialmente depois de comer;
- depressão;
- vontade de comer alimentos como pães e doces (as leveduras adoram doces);
- mudanças bruscas de humor;
- sentimentos de raiva (e agressividade), especialmente depois de comer alguma comida doce ou alimentos com gluten;
- sentir-se “embriagado” depois de comer uma comida com grandes concentrações hidratos de carbono;
-  hipoglicemia;
- mucosidade excessiva na garganta , nariz e pulmões;
- infecções de fungos na pele (pés de atleta, fungos variados);
- infecções vaginais e orais;
- diarreias;
- perda de memória, lapsos de tempo;
- sentir.se como “zombi";
- sensação de inchaço e gazes após as refeições;
- inchaço no sistema linfático;
- dores do tipo menstrual;
- suores nocturnos;
- dores no peito e articulações;
- perda de memória;
- pouca coordenação motora;
- visão ofuscada;
- dores de cabeça;
- insónia;
- alergia a alimentos;
- sensibilidade particularmente em condições ambientais de humidade (mofo);
- infecções graves nos rins, cistites e prostatites.
- sapinhos;
- cólicas;
- cólon irritável;
- comichão anal;
- prisão de ventre;
- garganta seca;
- vaginite e infecções das vias urinárias
- sensibilidade a produtos químicos;
- função imunológica diminuída;
- perda da libido.


Como se trata? 

A candidíase pode ser esgotante e afectar o estado psicológico. O tratamento do desequilíbrio da Cândida Albicans provoca um grande desgaste físico e emocional pelo que é aconselhável, durante a desintoxicação, beber muita água e ingerir chás e alimentos que ajudem ao bom funcionamento do fígado e rins. 

O que não se pode comer - O que alimenta  a cândida?

- Cereais - milho, trigo, centeio, cevada, ... - sob todas as formas, incluindo papas, pão, bolos e bolachas, massas, "massinha" na sopa, canja de galinha com massa, esparregado contém farinha. Comida pré-feita que contenha cereais. Atenção, ver bem os rótulos, há iogurtes com trigo, chocolate e pó com trigo. A maioria dos alimentos empacotados/ embalados contém cereais. Os hidro-carbonatos são o alimento principal da Cândida;  

- Açúcar e doces em geral, mel, melaço,malte, geleia de arroz, geleia de milho. A única excepção é a raparuda;

- Qualquer alimento que leve fermento;

- Melões, bananas,uvas, manga, abacaxi e a maioria das frutas doces e ácidas;

- Sumos de frutas, especialmente de laranja, e todos os que vêm em caixinhas e frascos;

- Frutas secas - ameixa, damasco, tâmara, uvas-passas, banana-passa etc, que além de açúcar (frutose);


- Todas as frutas cristalizadas ou em caldas;

- Nozes, castanhas e amêndoas em geral

- Amendoim, grande formador de cândida e possível portador de aflatoxina;

- Vinagre de qualquer tipo;

- Bebidas alcoólicas;

- Leite, queijos, requeijão e creme de leite;

- Batata, batata-doce;

- Farinha de mandioca; 

- Milho verde; 

- Arroz branco, e outros alimentos ricos em amido, farinha de arroz, farinhas lácteas; 

- Beterraba também não, por causa do açúcar; 

- Produtos fermentados da soja - misso, shoyu, tempê, natô; 

- Fritos, panados, gordura trans em geral

- Comidas que provoquem, ao indivíduo em questão  reacções alérgicas, já que elas enfraquecem o sistema imunológico e assim abrem as portas para a cândida; 

- Café e chá preto, porque contêm teína e afectam o equilíbrio do açúcar no sangue; as folhas do chá preto são fermentadas


 O que se pode comer?

Refeições Principais, mas também podem ser ingeridos como snaks:
- Peixes - os mais pequenos, chamados azuis são os menos contaminados com mercúrio - cavala, sardinha, carapau.

- Aves;

- Carne;

- Arroz integral - demolhado com alga kombu;

- Ovos;


- Frutas só as menos doces - goiaba, tamarindo, melancia, pêra, e assim mesmo só no intervalo entre as refeições, nunca de sobremesa dado que os ácidos estomacais produzidos para diregir os alimentos vão destruir os nutrientes das frutas não se tirando delas qualquer proveito. 

- Todas as leguminosas e sementes - grão de bico, feijão, quinoa, trigo sarraceno, aveia, amaranto, lentilhas ... - devem ficar pelo menos sete horas de molho antes de serem ingeridos.Desta forma inicia-se o processo de germinação que é quando os inibidores começam a “romper” as enzimas e os fitatos  que se encontram nos grãos. Eu gosto de demolhar os grãos juntamente com uma tira de alga kombo - para adicionar cálcio - e duas colheres de leite de kefir - para ajudar ao processo de fermentação


- vegetais sem amido: cenoura, abóbora, nabo comprido, rabanete, chuchu, vagem, quiabo,  pepino, aipo, funcho, cebola, alho, gengibre;

- rebentos de alfafa, de feijão, de bambu;

- tomate biológico - caso contrário não ingerir. Apenas ingerir tomate na época (fim de agosto a Dezembro...) ou tomatada caseira  feita com tomate da época. 


-  tomate, pimentões e berinjelas ingerir com moderação dado que acidificam o gangue; 

- todas as folhas: repolho, acelga, couve, chicória, alface, agrião, caruru, espinafre;

- Pepino e melancia refrescam e ajudam o corpo a eliminar água, o que é óptimo, já que você precisa se desintoxicar. Depois de comer a melancia, corte a casca, ferva e tome como chá. É um poderoso diurético, tanto que não deve ser tomado à noite para não perturbar o sono;


Snaks, mas também podem ser inseridos nas refeições principais:

- Manteiga sem sal - A manteiga (GHEE) é tida pelos médicos ayurvedas como uma gordura de óptima qualidade, desde que, evidentemente, seja de boa procedência; 



- Frutas secas/ desidratadas, menos as que estão listadas acima. Pode-se ingerir maçã seca, pêra seca...

Bebidas:

- chás de ervas sem teína - camomila é especialmente indicada contra cândida - todos os chás que ajudem o fígado e os rins;

- leite de cabra;

- leite cru;

- Água com limão;

- kefir, kombucha;

- Água, muita água, se possível de fonte/ filtrada. Água engarrafada é água estagnada e a água corrente tem cloro e milhares de nmicro-organismos muitos deles podem ser nocivos. Filtrar a água da torneira é a melhor opção;

Importante consumir ao longo do dia:
- algas marinhas, que, além de muito nutritivas, rejuvenescem e matam fungos;

- iodo -  Iodo é um mineral especialmente concentrado na tiróide, que controla a taxa metabólica, o crescimento, a reprodução, a formação de células sanguíneas, as funções nervosas e musculares e a temperatura corporal. Como a distribuição de iodo no meio ambiente é desigual, certas áreas, sobretudo as mais distantes do mar, produzem alimentos que não fornecem iodo em quantidade suficiente ao ser humano; isso gera doenças características de disfunção da tiróide. Atenção aos baixos níveis de iodo da população portuguesa;


- sal integral - ajuda a aumentar a ingestão de iodo;


- Alga kombu - adicionar às leguminosas e ao arroz integral a demolhar. 

- Algas arame e hijiki devem ser lavadas rapidamente sob a torneira, dentro de um escoador, ficam de molho meia hora em pouquinha água e podem ser refogadas como qualquer outro vegetal.


- Óleo virgem de coco: contém ácido caprílico e muito ácido láurico, que combatem com eficácia qualquer fungo. É útil inclusive para passar na vulva e na vagina - pelo menos duas colheres de sopa por dia.
 
Suplementos alimentares:
Devem ser ingeridos depois das sequelas,quando a mucosa intestinal começa a recuperar, pois, se esta está debilitada não conseguirá absorver os nutrientes ingeridos sob a forma de suplementos ou alimentos. Sabemos que estamos a recuperar quando deixamos de sentir os sintomas listados acima como sendo sintomas de desequilíbrio de cândida. cada pessoa terá uma combinação diferente de sintomas. No início da desintoxicação alimentar os sintomas tendem a piorar sendo que se sente, de seguida, uma melhora significativa  Quando começam as melhoras é tempo de iniciar a ingestão de suplementos.

Recomendo: 
- No início da dieta - Probiótico - Nutérgia ou outro à escolha.

Quando começam a melhorar os sintomas:- Floradix Liquido - ferro
- Vitaminas do complexo B
- Pólen de abelhas contém muitos nutrientes, inclusive proteínas. Fora das refeições, 1 colher de sopa, deixando dissolver devagar na boca
- Ómega 3 - Gama Ergy da Nutérgia ou outro desde que extraído a frio e, se de peixe, dos mares do norte ou ártico.
Quando se pode retomar uma dieta normal?

Quando os sintomas/ sequelas, desaparecem, pode-se retomar uma dieta "normal" , tendo cuidado, voltar a introduzir a comida não recomendada, um tipo de cada vez e aos poucos. É melhor não comer nenhum tipo de produto que contenha açúcar refinado pelo menos nos 6 meses depois da recuperação.


Uma vez que se teve candidíase fica-se propenso a te-la em outras ocasiões. 

O que mata a cândida -  Medicamentos e tratamentos naturais mais utilizados?


- Alho (na alimentação, em chá, em infusão, em cápsulas recobertas para se libertar apenas no intestino);

- Óleo Extra Virgem de Côco;

- Extracto de Semente de Toranja;

- Chá de Pau D'arco; 

- Bicarbonato de sódio - uma colher de café em meio copo de água, em jejum;

Tea Tree Oil, Óleo da Árvore do Chá (é devastadornocom a condição do pé de atleta, e outros ataques de fungos. Também pode ser usado para banho de assento.  Misturado com água e pode ser também tomado internamente de 3 a 4 gotas, 3 vezes ao dia - sem exceder esta dose. É necessário comprar um óleo que não seja apenas para uso externo);

- Algas Marinhas; 

- Cebola;

- Gengibre - fresco ingerido em chá ou ralado na comida. 

- Kefir;

- Kombucha;

- Óleo de Tomilho;

- Ozonoterapia;

-  Raiz de regaliz (suaviza o intestino inflamado, algo muito comum com cândida, o qual ajudará a prevenir a má absorção dos alimentos nutritivos e também no que se refere a alergias a certos alimentos. Tonifica as glândulas supra-renais e ajuda a regular a glucose no sangue, controlando o desejo de comer doces. Esta erva é excelente para a mucosidade excessiva);

- Astragalus (é uma erva muito popular na China, é excelente para a estimulação do sistema imunológico e é essencial para recuperar-se de um ataque de candidíase ou qualquer outra condição infecciosa);

- Aloe Vera pode ser aplicado se sofre de infecções de fungos nos pés;

- Ginseng (todas as suas variedades);

-  Canela; 

- Ácido caprílico ( uma cadeia curta de ácidos gordos, é muito efectiva contra a candidíase e por sorte. Pode-se comprar nas farmácias dietéticas. Melhor tentar encontrar uma com uma formula de fácil para diluição, de 300-500 mg a 1000 mg, a ser tomado com cada refeição);

- O oxigénio é também um componente antifungicida. Tomando produtos de oxigénio estabilizadores, tais como as combinações de peróxido com sabores , as quais se encontram também nas lojas de produtos dietéticos, pude também ser empregado para a recuperação;

-  Azeite de orégãos - Provoca diarreia, já que quando as células da levedura morrem, o corpo tende a expeli-las rapidamente.

E depois da cândida - sequelas?

As sequelas, que são os últimos sintomas que aparecem depois de curada a cândida e correspondem à eliminação das leveduras mortas. Duram de uns dias a uma semana e os sintomas variam de pessoa para pessoa. Normalmente apresentam-se nas formas de náuseas, diarreias, dores de cabeça, gases, irritabilidade, uma baixa de energia, vontade de comer doces e visão enevoada.

Fazer exercício, estar ao ar livre, tomar água, fará que com que se reduzam os sintomas. 

Podem-se utilizar todas as ervas que ajudem a diminuir os gazes e a desintoxicar o canal digestivo.


Se este artigo te fez sentir que há muito a fazer sem saber por onde começar, experimenta ver aqui as dicas de alimentação que dou, tendo em conta as alterações que consegui introduzir na minha própria dieta: http://wantamiracle.blogspot.pt/2011/09/alimentacao-simplificada.html

E aqui, uma lista de "alimentos bons" de acordo com o grau de dificuldade que encontrei para a sua inserção no nosso dia-a-dia: http://wantamiracle.blogspot.pt/2011/10/nutrient-dense-foods-construir-saude_08.html


Outros artigos neste blog:

Tratamento externo da candidíase vaginal 

As causas emocionais da candidíase e a cura com obsidiana 

Utilizações do óleo de côco 

Como saber se necessito de probióticos?

Passos para um intestino saudável, recuperar a mucosa intestinal 

Deficiência de Magnésio

Legumes Fermentados com sal - receita simplificada  

Aqui fica um link para a revisão da literatura sobre as causas emocionais e metafísicas da candidíase:  http://ravenstarshealingroom.wordpress.com/2013/11/25/metaphysical-causes-of-candida-candidiasis/


Este artigo foi inspirado/adaptado do original que se encontra neste link:  http://albicans-candida.blogspot.com/2008/12/candida-albicans-candidiase-causas-e.html 

Adaptação feita por mim,com as devidas sugestões e interpretações de acordo com a minha experiência.



Se este trabalho te fizer sentido, e desejares agradece-lo através de uma doação, gostaria muito de receber uma embalagem de Sulfato de Magnésio, urtigas, óleo de côco ou outro dos alimentos acima descritos (desde que biológicos). Bem hajas pela tua companhia. 

No comments:

Post a Comment